Master Mais tecnologia, mais Sabor

 
 

Sulita inicia exportações para Ásia

A Sulita começou a exportar seus produtos para a Ásia, inaugurando um novo tempo em suas operações. Durante a última semana de setembro, carregamentos deixaram a unidade da empresa em Monte Bérico, no interior de Videira (SC), com destino ao mercado asiático, primeiro comprador internacional da empresa. A exportação abre horizontes para a empresa, que conquistou recentemente todas as certificações necessárias para comercializar seus produtos internacionalmente, junto aos maiores consumidores de proteína suína do mundo.

Neste primeiro momento, o envio foi de cortes in natura mas a expectativa é que em breve produtos processados também cheguem à mesa dos asiáticos. A qualidade, a certificação de origem, a rastreabilidade, a segurança alimentar, o bem-estar animal e a tecnologia empregada em sua produção, aliada ao sabor irresistível dos produtos Sulita, foram determinantes para que ela atendesse a todos requisitos para conquista da certificação necessária à exportação.

“Sempre esteve em nossos planos exportar e por isso iniciamos o processo de adequação para certificação da empresa. O mercado asiático é nosso primeiro comprador, mas certamente estaremos buscando outros destinos, já que nossos produtos são de excelência e estão alinhados ao que esses mercados buscam”, destaca Mario Faccin, diretor superintendente da Master Agroindustrial, a maior produtora individual de suínos do Brasil.

Hoje, o Brasil é o quarto maior exportador de proteína suína do mundo e a demanda vem se mostrando crescente nos últimos anos. Este patamar foi conquistado porque, cada vez mais, ela é reconhecida como aquela que agrega mais qualidade e diversidade à mesa. “O início das exportações representa um marco importante para a Sulita, que é uma marca jovem, tem três anos de existência, mas aposta na qualidade como diferencial. E esta característica certamente será um atrativo a mais para ampliarmos as exportações”, finaliza.